Um fato surpreendente sobre o Universo

“Qual é o fato mais surpreendente que você pode compartilhar conosco sobre o Universo?”

Esta foi uma das perguntas feitas a Neil deGrasse Tyson em uma entrevista para a TIME, conceituada revista norte-americana. Sua resposta surpreendeu a muitos, e em um vídeo de apenas 10 minutos você também pode se surpreender e se encantar com uma visão mágica sobre nós e o Universo.

Neil deGrasse Tyson é um astrônomo americano, autor de diversos livros populares sobre Astronomia. Inclusive, Neil Tyson já participou (no papel dele mesmo) de um episódio da minha série favorita: The Big Bang Theory. Mas “ui!”, popular mesmo, ele ficou quando criaram um meme com sua imagem!

Agora vamos ao que interessa: o belíssimo vídeo no qual Neil fala sobre o fato mais surpreendente do Universo, e explica de forma bem simples porque o “Universo está em nós”. Atenção especial para a música. 🙂

(clique em “cc” caso queira traduzir o vídeo)

Nebulosa Carina

Nesta semana o blog Ciência Diária, do Estadão, publicou uma lista com as mais bonitas nebulosas já fotografadas. E entre elas, a minha favorita: a NGC 3372, conhecida também como a Nebulosa Carina. (Ok, agora você supõe o porquê dela ser a minha preferida :))

Uma breve introdução: nebulosas são nuvens de poeira que ficam no espaço interestelar e estão relacionadas ao ciclo de evolução estelar. São berçários de estrelas.

Não são grandes o suficiente para serem consideradas galáxias, nem tão pequenas para serem meros sistemas estelares.

E são fascinantes!

Existem vários tipos de nebulosas, mas pretendo explicá-los mais adiante. Enquanto isso, aprecie as imagens mais detalhadas já feitas da Nebulosa Carina, que fica cerca de 7500 anos-luz da Terra, na constelação de Carina:

Evolution of the Moon

Que tal conhecer a história da Lua?

A Evolução da Lua (Evolution of the Moon) mostra os 4,5 bilhões de anos da Lua – desde seu “nascimento” até os dias de hoje – em um vídeo com menos de 3 minutos.

As crateras que vemos hoje são resultado de corpos celestes que atingiram o solo da Lua com força total (diferente da Terra, ela não possui atmosfera para frear os meteoros que se dirigem a ela). Grande parte delas foi formada por uma chuva de meteoros ocorrida há aproximadamente 3,8 bilhões de anos.

A NASA (agência espacial) fez o vídeo para comemorar os 1000 dias que a sonda espacial Lunar Reconnaissance Orbiter (Orbitador de Reconhecimento Lunar – LRO) completa na próxima segunda-feira (19 de março).


Fonte: Super Interessante

Time-lapse

Um dos vídeos em time-lapse mais fantásticos que eu conheço: ele nos dá a visão das estrelas enquanto a Terra gira. Incrível como as alterações que parecem sutis aos nossos olhos, como o movimento da Terra, do Sol ou das estrelas, tornam-se evidentes com o time-lapse.

Para quem não conhece, essa técnica é bem simples: basta uma câmera que suporte um aparelho temporizador para tirar várias fotos, durante um longo período de tempo (que podem ser muitas horas ou até dias).

Estas fotos são colocadas em um filme, onde cada imagem é mostrada por uma fração de segundo, dando a impressão de que tudo se move muito rápido e de que o tempo parece saltar.

Ainda falando em time-lapse, encontrei um belo vídeo produzido em outubro do ano passado pela NASA, com fotografias tiradas pela tripulação a bordo da Estação Espacial Internacional.

Ele mostra a Terra vista de cima (a uma altitude aproximada de 350 km) durante a noite, e nós podemos observar as luzes das metrópoles e as auroras boreais.

Earth | Time Lapse View from Space, Fly Over | NASA, ISS from Michael König on Vimeo.