to reflect…

carl sagan

O nitrogênio em nosso DNA,
o cálcio em nossos dentes,
o ferro em nosso sangue,
o carbono em nossas tortas de maçã
foram produzidos no interior de estrelas em colapso.
Nós somos feitos de matéria estelar.

– Carl Sagan

Um lago que brilha?

article-1350686-0CEA7849000005DC-181_964x605_thumb

Trata-se de um fenômeno que aconteceu nos lagos Gippsland, em Victoria, na Austrália. Embora o evento da bioluminescência tenha acontecido no Verão de 2008/2009, ainda hoje é possível ocorrer, em condições adequadas.

Acredita-se que, devido aos quase 70 incêndios que aconteceram em 2006, a área da bacia para os lagos Gippsland tenha sido afetada. E depois dos incêndios, as chuvas de 2007 chegaram tão intensas que provocaram inundações.

Essas condições provocaram a mistura da água salgada do mar com a água doce do lago, causando um surto de algas verde-azuladas.

Tais algas tinham um efeito fluorescente e, cada vez que as águas se agitavam por qualquer motivo, desde uma quebra de onda ou mesmo por alguma pessoa que atrapalhasse a tranquilidade das águas, a luminosidade aumentava.

Lindo, não?

article-1350686-0CEA7A39000005DC-139_964x627_thumb

BioLuminescence_Thu_323_thumb

Biolumiscence_Star_Trail_sm_thumb

Via Minilua

Solar System Scope

Um simulador do sistema solar em 3D interativo e intuitivo. Com o Solar System Scope é possível observar os planetas e a distância entre eles, escolher ângulos, dar zoom, e alternar entre visão heliocêntrica, geocêntrica e panorâmica.

E para quem quer se aprofundar um pouco mais, o site ainda oferece opções como visualização de constelações, nomes de estrelas e suas posições ao longo do tempo.

Foram usados cálculos da NASA para que a posição dos objetos celestiais fosse precisa nesse “planetário virtual”. Tudo o que você precisa para navegar é ter a última versão do Adobe Flash Player instalado em sua máquina.

E se você estiver à toa e com vontade de voar com sua nave entre os planetas, ainda pode jogar Ace of Space! 😛

O “Alfabeto Galáctico”

Hey, você que se acha o máximo porque monta frases com sopa de letrinhas: fraco.

Membros (voluntários de todo o mundo!) de um projeto online chamado Galaxy Zoo analisaram e classificaram galáxias conforme seus formatos, criando o “Alfabeto Galáctico”. O trabalho é bem interessante e já encontraram equivalentes galácticos de todas as letras, de A a Z.

No próprio site do projeto Galaxy Zoo, você pode criar palavras com as galáxias (e sim,  são fotos reais!), além de encontrar imagens e entender um pouquinho mais sobre a formação e a classificação das mesmas.

Mas é claro que não é só brincadeira: o trabalho vem ajudando os cientistas com insights importantes sobre a formação e evolução dessas coisinhas lindas do Espaço.

“I can see my house from here”

Achei a ideia interessante, espero que curtam – ou quem sabe, participem! 🙂

Já escrevi meu nome lá! 😛

R.I.P. Neil

E no último dia 25 faleceu o primeiro homem a pisar na Lua: Neil Alden Armstrong, com 85 anos. O norte-americano foi o comandante da Apollo 11, missão que chegou (?) ao satélite natural da Terra em 20 de julho de 1969.

“Um pequeno passo para um homem, um grande salto para a humanidade.” Assim como sua frase nunca foi esquecida, Neil será um ícone eternamente lembrado.

Imagem: Complexo Geek

 

Sobre Saturno e o meu fim de semana

Um telescópio Meade, uma velha câmera, um iPad (munido de bússola) e uma série de aplicativos indicando as constelações, planetas e nebulosas visíveis no sábado à noite: assim foi o fim de semana na casa do meu primo, Gabriel.

Nossa real intenção era assistir à chuva de meteoros, mas o que aproveitamos mesmo foi o lindo céu que fazia em São Bernardo do Campo e a posição favorável dos planetas mais brilhantes naquele dia. E a estrela do dia – ou melhor, o planeta da noite – não poderia ser ninguém menos que ele, the lord of the rings, Saturno! Imaginá-lo já é fascinante: Saturno é o meu planeta preferido (ok, depois da Terra), e o mais belo e misterioso do Sistema Solar.

Vê-lo através do telescópio foi sensacional e único. Você olha por uma lente minúscula – porém potente – e lá está ele, exibindo seus anéis, a mais de um bilhão de quilômetros do nosso planeta.

Tentamos tirar algumas fotos, mas foi difícil. Sabemos que no Google há milhares de fotos maravilhosas de Saturno, e sabemos que a nossa está sem foco, com péssima qualidade. Mas sabemos também que é real, e foi a gente que tirou! Hehehe

Eu não vou perder, e você?

Eu não vou perder, e você?

Neste fim de semana acontecerá, segundo a NASA, a “melhor chuva de meteoros” do ano de 2012. E também será possível observar alguns planetas, os mais brilhantes do sistema solar, incluindo Júpiter e Vênus.

O melhor momento para observar é após às 22 horas. Basta deitar no chão e olhar para o céu em um lugar pouco iluminado! 🙂